Mareia

Mareia


Uma canção onde o compositor Dudis D’Gis surpreende, brincando, com os vários significados da palavra MAREIA, jogando com a paixão que comanda, governa, provoca enjoo, faz perder o brilho, mancha.

MAREIA é um samba-canção inspirado nos amores da juventude, platônicos ou não, mas que ficam marcados por toda a vida. Pensamentos que na velhice se misturam entre desejos, realidades e lembranças.

 

 

MAREIA

Mareia
Esse meu coração
Toda a minha paixão
Meu olhar ao entardecer

Mareia
Meu destino longe daqui
Essa dor que não sai de mim
Meu lamento ao envelhecer

Só ficou a saudade
A vida é uma viagem de endoidecer
Preso nessa solidão
Não há remédio que cure meu coração

Então eu vejo você na janela
Que coisa bela
A me olhar
Que se dane o mundo
Antes de tudo
Eu quero amar

Mareia
Esse riso demente
Hoje um ranger de dentes
No cantar desse entardecer

Mareia
Minhas noites que não tem fim
Um deserto dentro de mim
Tanta dor ao envelhecer

Só ficou a saudade
A vida é uma viagem de endoidecer
Preso nessa solidão
Não há remédio que cure meu coração

Então eu vejo você na janela
Que coisa bela
De se olhar
Que se dane o mundo
Mais do que tudo
Eu quero amar

Você também pode gostar

Ano Novo, Novos Talentos

Nathália Lima – Poema Velho

Um Amor Infinito – No Casarão

Os comentários estão fechados.

Release

Dudis D'Gis

Dudis D'Gis

Compositor carioca radicado em Brasília com forte influência do samba canção, da MPB tradicional e do autêntico Forró.

Redes Sociais

Saiba tudo em primeira mão seguindo nossas redes.

Destaques

Mareia no Allberg

17 de fevereiro de 2017

Mareia

1 de fevereiro de 2017

Um Amor Infinito

2 de fevereiro de 2017

Banner

Banner

Flickr

Flickr Feed
Flickr Feed

Fanpage